Compartilhe

segunda-feira, 3 de abril de 2017

BOM DIA ICÓ, MACÁRIO BATISTA!
Vital Netoabril 03, 2017 0 comentários



Como de costume acordei antes do sol, mesmo concordando com o poeta Natã Oliveira onde categoricamente afirma, “que ele renova-nos de impurezas todos os dias”; então nada melhor do que uma parceria com ele, - o sol -, andando a pé pelas ruas largas e becos estreitos do Icó pra conversar com o povo e exercitar excelente processo de higienização corporal.

Mais Batista, nos últimos dias São Pedro – colega de nosso Senhor do Bonfim -, tem desenhado nos céus do Icó uma belíssima imagem de prenúncio de muitas chuvas, mas que não estão caindo de suas nuvens carregadas; salvo em alguns locais isolados, por este recanto do Ceará, a situação hídrica é perversa e assusta a todos nós com o possível colapso d’água previsto até o próximo dia 30 de abril de 2017.

No último sábado - no dia da mentira, a verdade nos chega para refletirmos com enorme preocupação:

- Os açudes de Lima Campos e do Orós não conseguiram ainda, os aportes necessários para levarmos água a quem tem sede e sustentar os nossos sertanejos que dela precisa’m, para plantarem e colherem os frutos de suas produções agrícolas.

Nesta semana, no dia 6 de abril, na Escola Técnica Profissionalizante Deputado Walfrido Monteiro, respeitando a nossa fé no mestre Jesus de Nazaré - pois tudo pode mudar do dia para a noite, ocorrerá uma nova reunião de estudos estatísticos pluviométricos e análise do volume de abastecimento de águas do Lima Campos e Orós, juntamente com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará - COGERH, e, com autoridades locais icoenses, para tomarmos importantes decisões; uma delas, o racionamento de água para a população no centro urbano; a segunda, até mais extrema: fechar parte das torneiras que deságuam ao Perímetro Irrigado.

 

Estamos vivenciando, hoje, a grande parêmia popular: “se corrermos o bicho pega; se ficarmos o bicho come”.

 

Porém, ciosa de seu dever institucional, a nossa prefeita Laís Nunes está pessoalmente acompanhando tudo de perto, já que reside em Icó e conhece os nossos problemas - diferente do alcaide de outrora -, e tem diligenciado de todas as maneiras para encontrarmos soluções e alternativas.

 

Uma, utilizando seu prestígio político, Laís Nunes já conseguiu com o governador Camilo Santana a aquisição via COGERH da compra de uma bomba hidráulica de altíssima potência, para fazermos a transposição de águas do açude Orós à Lima Campos com maior vazão – via canal de gravidade; a outra, caso não ocorra fatos novos, a implantação de uma adutora de engate rápido com celeridade de que o fato necessita; e por fim, a utilização temporária das águas do Rio Salgado, que segundo o diretor do Sistema Autônomo de Água e Esgoto do Icó(SAAE), Deusemar Ramos, tem melhor qualidade para o consumo humano, do que vários de nossos açudes regionais.

 

Essa problemática, tema muito importante e vital, está passando despercebida da população, que dispersa, ainda não entendeu que é preciso raciocinar para a economia do líquido mais precioso do mundo: á água doce - disponível para consumo humano, principalmente!

 

Diante dessa situação, caro Macário Batista, gostaria de convocar o povo icoense à união com consciência, antes que seja tarde demais!

(Por Fabrício Moreira da Costa, advogado e contista).
Categoria:
Sobre o autor Autor da Postagem Facebook ou Twitter

0 comentários